22 outubro 2008



Responsabilidade 
Honestidade 
Humildade
Ética



Nota máxima para estes valores, já...!!!

14 outubro 2008

manter a vida colorida


Há em mim, neste momento, uma necessidade imensa em restituir a cor à minha vida. Preciso dela para manter a harmonia familiar, a alegria disfarçada com a minha filha, com os amigos e com quem trabalho. Conservar o sorriso, paralelo à dor constante, e que, hoje tentei inconscientemente quando olhei para aquela camisa cor de sangue que me piscou o olho de dentro do armário. Vesti-a. Não gostei quando me olhei ao espelho, voltei a colocá-la no seu lugar, sem sequer pensar porque o fazia. Aquilo que sentimos no nosso coração não é de todo obrigatório que seja coincidente com o que vestimos ou dizemos, nem ninguém nos pode julgar por quaisquer atitudes que possamos ter. Aquela camisa ainda vai ter de esperar uns tempos pelo meu corpo. E como é de linho bem pode esperar... Não quer dizer por isso que não haja outra, mais Outonal. Afinal a minha Mãe era a boa disposição em pessoa, irradiava alegria e todos os que a rodeavam se sentiam felizes duma maneira quase indescritível!  (Fico à espera de alguém que a descreva por mim...).
Quando comecei há pouco pela minha ronda nocturna nos blogs não tinha qualquer intenção de comentar um deles, nem sequer escrever um post como este que já vai longo para o que me é habitual. Mas não resisti em depositar um pouco de cor na minha vida e distanciar-me destes tons que me têm rodeado nos últimos posts. Neste terreno cinzento imenso onde me encontro quero encontrar um pouco de cor. Da vossa cor. Da cor de todos aqueles que me têm ajudado, os que por aqui vão passando e principalmente aqueles que nem sabem que este meu espaço existe...



09 outubro 2008

02 outubro 2008