19 outubro 2007

Língua Traiçoeira II


Ainda hei-de descobrir porque a palavra SAUDADE só existe na nossa língua.

10 comentários:

pensamentosametro disse...

Porque somos especiais, só que não praticamos.

Beijos

Tita

Haddock disse...

porque somos uns pretensiosos!!!

pinky disse...

sis, quando descobrires conta ;)
aiiiii essa imagem..... dá cá uma vontade de ter uma casita assim, com vista directa para o mar...ai ai

Capitão Merda disse...

Por que não perguntas ao Eduardo Lourenço?

António Pires disse...

Olha que também existe em crioulo de Cabo Verde, apesar da grafia diferente («sôdade» :)

(e acho que em yidish também há uma palavra com significado parecido - só não lembro qual é!)

Alexandra disse...

Muito bem pensado!

Mas também deve ser mauzinho sentir e não ter nada que o defina.

Terra de poetas, é o que dá!

Beijinhos

MAF disse...

Necessidade de verbalizar os nossos sentimentos e defini-los

Um "sentir falta" é diferente de ter saudades

Eu utilizo-a mas mais que isso, sinto-a
Bjokas gordas

xá-das-5 disse...

Eu sei.

1entre1000's disse...

qdo souberes partilha!

Pelintra disse...

Curiosa:
Lê a obra de Joaquim de Carvalho (figueirense como tu), designadamente a "fenomenologia da saudade".
Talvez encontres respostas...